Course in Regenerative Organic Gardening

DATE
Sunday Nov 3 to Thursday Nov 7 inclusive, excepting Wednesday Nov 6 (Market Day), as described below.

LOCAL
Campo do Vale
Quinta Vale da Lama
Odiáxere – Lagos

SCHEDULE
9:00 – 12:30 / 14:00 – 18:30
(see below)

PRICE
€140, payable in advance

CONTACTS
valedalama@gmail.com

WHY THIS COURSE

Growing vigorous disease-resistant plants, that will confer those same qualities to those who consume then, is more than a matter of avoiding Biocides in all their forms (herbicides, pesticides, fungicides, etc.); it is mainly a matter of building a healthy and bio-active soil… Which process begins, in our Hot Summer Mediterranean climate zone, right about now! Indeed: the effort we apply in autumn, creating the conditions for success, is the most important investment we can make, to enjoy abundant and healthy crops even through next spring and summer.

COURSE CONTENT AND FORM

4 full days of intensive theory and practice, covering the full range of essential topics including:
1. Mediterranean Soils and Climate, relvant regenerative strategies
2. Plant health and nutrition: general principles, and key intervention points
3. Soil preparation and practices
4. Specific applications in Horticulture, Fruticulture Viticulture

NB: Consult the fact sheet (below – in portuguese) for detailed curriculum by day -and note that, Wednesday November 7 (between days 3 & 4) is Market Day, where pariticipants will be free to accompany the farm team thru the Garden-to-Market experience, or else spend the reflecting on lessons learned.

ABOUT THE INSTRUCTORS

Catarina Joaquim is an Agronomic Engineer with many years of experience: first as a buyer for a major supermarket chain, before she went over to the supply side as a certified organic grower, running a successful market garden with Carlos Simões. Catarina and Carlos Simões are dedicated to the purpose of improving human health and happiness through the cultivation of healthy plants and soils, while helping organic farmers & gardeners to do the same.

ABOUT THE VENUE

Quinta Vale da Lama is a 43ha AgroTourism project in Lagos muicipality of Algarve, with an expanding market garden in process of organic certification, a guesthouse with seasonal vegetarian restaurant, and a vibrant culture based on Permaculture ethics of Planet Care/ People Care/ Future Care. The course will be hosted by NGO at Campo do Vale, site of children’s summer camps which is next door to the market garden.

FOOD AND ACCOMMODATION

Are available at Casa Vale da Lama for those who need. Food and accommodation are not included.Email to inquire.

FACT SHEET – IN PORTUGUESE

O clima mediterrânico, ocorrendo em cerca de 2% da área terrestre, tem características específicas que condicionam o desenvolvimento dos solos e a agricultura destas áreas. Onde nos encontramos, temos duas estações meteorológicas particularmente importantes para a produção vegetal: o outono e a primavera. Assim, definimos duas formações de quatro dias, que serão tão abrangentes quanto o tempo o permita, uma para as culturas de outono-inverno e outra para as culturas de primavera-verão.

No nosso clima, a natureza acorda no outono, após o calor e secura estival. Quando chove no outono, a microbiologia dos solos desperta para promover um crescimento espantoso e luxuriante das plantas que o habitam ou que nele nascem durante este período. Com o frio invernal, a actividade nos solos diminui, nunca no entanto cessando. É chegado o momento de maior desenvolvimento das raízes das plantas e um grande momento de criação de matéria orgânica estável nos solos. Durante o outono-inverno, a energia, o calor, o motor do crescimento e desenvolvimento das plantas está no solo. As correcções minerais e as correcções orgânicas são feitas preferencialmente nesta época. As culturas melhoradoras de solo, no nosso clima, também.

No outono é feita a sementeira de grande parte das nossas hortícolas de outono, de inverno, de primavera e até de verão, como é o caso das cebolas. No nosso outono-inverno a água necessária em rega é muito inferior que no verão, e podemos cultivar plantas com elevado valor nutricional. Esta é a época de maior importância na produtividade que o nosso clima e solos permitem.

Também a preparação da primavera acontece no outono. As plantas hortícolas são semeadas no outono para obtenção de frutos na primavera; as árvores de fruto são remineralizadas no outono para florirem com vigor na primavera e vingarem bem os seus frutos no verão. Vários problemas que ocorrem na primavera, como pragas e doenças, ou como a queda de frutos, podem ser prevenidos com uma correcta abordagem nutricional no outono.

Por outro lado, as plantas não vivem nem crescem sozinhas num mundo vegetal. Para que tal aconteça, contribuem milhões de outros organismos, cuja vida, por sua vez, depende das plantas, numa cooperação que ocorre há milhões de anos no nosso planeta. Muitos fenómenos se passam ao nível do solo, mas o bom funcionamento da parte aérea também é fundamental para todo o sistema. Há uma profunda interdependência e interconectividade entre esferas e organismos. Vamos compreender o funcionamento dos solos, das plantas, e a sua interdependência com o meio envolvente.

SCHEDULE

Primeiro dia: Solos e clima mediterrânico, relevância para as estratégias regenerativas.

9h – 1ª Sessão: Especificidades dos solos agrícolas em clima mediterrânico
11h – Intervalo
11.30h – 2ª Sessão: Uso eficiente da água para a regeneração dos solos
12.30- Almoço
14h – 3ª Sessão: O solo e a agricultura regenerativa I
16.30h – 4ª Sessão: O solo e a agricultura regenerativa II
18h – Sessão prática: Observação de solos e plantas
18.30h – Final do dia

Segundo dia: Plantas – saude e nutrição

9h – 1ª Sessão: Saúde das plantas e qualidade dos alimentos
11h – Intervalo
11.30h – 2ª Sessão: O carbono líquido e as alterações climáticas
12.30h – Almoço
14h – 3ª Sessão: Como as plantas se alimentam
16h – Intervalo
16.30h – 4ª Sessão: Observação de plantas e aplicação de conhecimentos (práticas)
18.30h – Final do dia

Terceiro dia: Preparação do solo e práticas

9h – 1ª Sessão: As raízes das plantas
11h – Intervalo
11.30h – 2ª Sessão: Caracterização geral de grupos de plantas e suas necessidades
12.30h – Almoço
14h – 3ª Sessão: Importância da preparação física do solo e da correcção orgânica e química (com base em pós de rocha)
16h – Intervalo
16.30h – 4ª Sessão: A Horta: Preparação do solo, fertilização, sementeira e plantação de um canteiro (práticas)
18.30h – Final do dia

Quarto dia:

9h – 1ª Sessão: Composto, microrganismos e biofertilizantes
11h – Intervalo
11.30h – 2ª Sessão: Inoculantes e estimulantes do desenvolvimento da vida no solo
12.30h – Almoço
14h – 3ª Sessão: O Outono-Inverno na horta, pomar, olival e vinha
16h – Intervalo
16.30h – 4ª Sessão: Cuidar da árvores no Outono para ter fruta no Verão (práticas)
18.30h – Encerramento